Panorama brasileiro sobre as produções acadêmicas em tecnologia educacional

By Mayra Pedro, Maria Marques Ogeda and Claudio Moriel Chacon.

Published by Revista Internacional de Tecnologias en el Aprendizaje

Format Price
Article: Print $US10.00
Article: Electronic $US5.00

Os dispositivos eletrônicos conectados à internet estão presentes em todos os lugares, embora estes recursos sejam cada vez mais utilizados nas práticas didáticas, sabemos que essa utilização nem sempre se dá de maneira adequada que contribua efetivamente para o processo de ensino-aprendizagem. Realizamos um levantamento bibliográfico das produções acadêmicas brasileiras sobre tecnologia educacional, a fim de identificar: as temáticas, o ano e local de publicação e o nível de ensino. Para tanto, pesquisamos na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações os seguintes descritores: Tecnologia Educacional; Nativos Digitais; Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação; Tecnologias da Informação e Comunicação e Softwares Educativos. Obtivemos um total de 600 produções, sendo 76% referentes a mestrado e 24% a doutorado. Com base na análise do título, do resumo e das palavras-chave de cada produção elencamos 27 categorias temáticas, sendo que foram predominantes: Recursos Tecnológicos (86), Formação Docente (73) e Educação a Distância (69). Em relação ao ano de publicação percebemos que a partir de 2006 o número de publicações cresceu significativamente, sendo 2010 o ano com maior número de produções. Referente aos locais de publicação, as universidades mantidas pelo governo federal representam 41% das produções, as privadas 34% e as estaduais contabilizam 25%.

Keywords: Tecnologias Educacionais. Produções Acadêmicas. Panorama Brasileiro.

Revista Internacional de Tecnologias en la Educacion, Volume 2, Issue 2, 2015, pp.67-77. Article: Print (Spiral Bound). Article: Electronic (PDF File; 1.110MB).

Ketilin Mayra Pedro

Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, Universidade Estadual Paulista. São Paulo/Brasil, Marília, São Paulo, Brazil

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho- Campus Marília, pesquisadora visitante do Grupo de Pesquisa ESBRINA da Universidade de Barcelona (Fevereiro a Julho de 2015). Mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; - Campus Marília. Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; - Campus Bauru. Pesquisas científicas na área da Educação Especial, Tecnologia Educativa, Enriquecimento de alunos precoces e comportamentos de superdotação. Pedagoga do Programa de Atenção a Alunos Precoces com Comportamentos de Superdotação (PAPCS) - UNESP/Marília. Membro do Grupo de Pesquisa Educação e Saúde de Grupos Especiais (Unesp/Marília e Famema).

Clarissa Maria Marques Ogeda

Graduanda em Pedagogia, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, Universidade Estadual Paulista, Marília, São Paulo, Brazil

Possui formação Técnica em Nutrição e Dietética pela instituição Senac São Paulo (2013) . Atualmente é graduanda em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Campus de Marília. Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). Atua como educadora nutricional do Programa de Atenção ao Aluno Precoce com Comportamentos de Superdotação (PAPCS) - UNESP/Marília. Membro do Grupo de Pesquisa: Educação e Saúde de Grupos Especiais (Unesp/Marília e Famema).

Miguel Claudio Moriel Chacon

Docente do Departamento de Educação Especial e do Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, Universidade Estadual Paulista, Marília, São Paulo, Brazil

Graduado em Psicologia pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Campus de Assis/SP (1983). Especialista em Metodologia da Pesquisa Educacional pela Universidade Federal de Mato Grosso/MT. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1995) e Doutor em Educação Brasileira pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Campus de Marília/SP (2001). Pós-Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria/RS. Professor Assistente Doutor e chefe do Departamento de Educação Especial - UNESP/Marília, Orientador na Linha de Educação Especial do Programa de Pós Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Campus de Marília/SP. Coordenador do Programa de Atenção ao aluno Precoce com Comportamentos de Superdotação (PAPCS) - UNESP/Marília. Membro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial (ABPEE) e do Conselho Brasileiro para Superdotação (ConBraSD). Líder do Grupo de Pesquisa Educação e Saúde de Grupos especiais. Experiência na área da Educação, com ênfase em Educação Inclusiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Família; Formação de Recursos Humanos em Educação Especial; Altas Habilidades/Superdotação.